domingo, 22 de março de 2009

O Exorcista: o filme mais aterrorizante de todos os tempos.

Quem nunca ouviu falar do trágico destino de uma menina simples que tem o seu corpo violado pelo demônio? Falo do O Exorcista, considerado o filme mais assustador de todos os tempos por críticos do gênero. A história começa com as escavações realizadas no Iraque, onde é encontrada uma antiga estátua, assim libertando um demônio chamado Pazuzu, que vai se apoderando do corpo da jovem Regan MacNeil (Linda Blair). Aos poucos Regan sofre drásticas alterações em seu comportamento, que faz com que a mãe procure tratamentos psiquiátricos para a garota sem obter sucesso. Assim ela é aconselhada a procurar a única solução em um exorcismo que marcou a história do cinema.

Dirigido por William Friedkin e escrito por William Peter Blatty, o filme foi indicado a oito Oscars, inclusive o de melhor filme, ganhando os de melhor roteiro adaptado e melhor som. Além de ter ganho quatros Globos de Ouro nas categorias de melhor filme, melhor diretor, melhor roteiro e melhor atriz coadjuvante (Linda Blair), o exorcista ainda arrebatou os prêmios de melhor filme de terror, melhor maquiagem, melhores efeitos especiais e melhor roteiro pela Academy of Science Fiction, Fantasy & Horror Movies.
Curiosidades:
  • Foi o primeiro filme de terror a ser indicado ao Oscar de Melhor Filme.
  • Eventualmente, o diretor William Friedkin consultava o Reverendo Thomas Birmingham sobre a possibilidade de exorcizar o set de filmagens. Em todas as vezes, o reverendo recusou o pedido, dizendo que isto causaria ainda mais ansiedade no elenco. Mas por diversas vezes ele visitou os sets para benzê-los e tranquilizar o elenco.
  • Inicialmente, a voz do demônio seria da própria Linda Blair. Entretanto, após 150 horas de trabalho em cima do som do filme, o diretor William Friedkin resolveu substituí-la pela voz de Mercedes McCambridge que, para fazer a voz do demônio, só comeu ovos crus, tomou muitas bebidas alcoólicas e fumou diversos cigarros.

Sequências:

  • Exorcista II - O Herege (1977)
  • O Exorcista III (1990)
  • O Exorcista - O Início (2004)
No ano de 2000, foi lançada a versão do diretor: The Exorcist - The Version You've Never Seen (O Exorcista - a versão que você nunca viu), digitalizado e com mais onze minutos de cenas inéditas.
video

domingo, 15 de março de 2009

Os Goonies.

Com certeza esse é um daqueles filmes que ficou guardado na memória de cada criança da década de 80. Os Gonnies fizeram o maior sucesso na época e até hoje é lembrado por várias gerações que se encantaram com a história de um grupo de garotos que acham o mapa de um tesouro perdido e se lançam em uma aventura cheia de surpresas. Produzido por Steven Spilberg e dirigido por Richard Donne esse é um filme para ser assistido várias vezes.

Sinopse: Com os prédios de seu bairro estando prestes a ser demolidos, o que forçará a mudança de todos os residentes do local, um grupo de garotos - os "Goonies" - resolve organizar uma cerimônia de despedida do local. É quando descobrem um legítimo mapa do tesouro, capaz de torná-los ricos e evitar a destruição de suas casas.
video

sábado, 14 de março de 2009

Perfil do Mês: Atores.

Angelina Jolie nasceu em 4 de Junho de 1975, na cidade de Los Angeles nos Estados Unidos. Filha de ator e modelo, começou a estudar arte dramática no famoso estúdio Lee Strasberg. Anos depois acabou se formando na Universidade de Nova York no curso de cinema, trabalhando também como modelo profissional em Londres, Nova York e Los Angeles. Mas foi em 2005, que os olhos da mídia se voltou para a estrela, quando houve rumores que ela estaria se relacionando com o ator Brad Pitt. Daí então eles foram vistos juntos viajando pelo mundo em missões humanitárias. Hoje o casal tem 6 filhos, sendo que três são frutos de adoção e três biológicos.



Filmografia de Angelina Jolie:

  • O Colocionador de Ossos
  • Garota, Interrompida
  • 60 segundos
  • Lara Croft: Tomb Raider
  • Pecado Original
  • O Preço da Coragem
  • O Procurado
  • Sr. e Sra. Smith

Entre outros...

Esse ano a atriz teve uma indicação ao Oscar pela atuação no filme A Troca, além de ter ganho um Oscar de atriz coadjuvante em 2000 pela atuação no filme Garota, Interrompida.

domingo, 1 de março de 2009

Cinema Indiano.


Para quem não sabe, o cinema indiano é o maior produtor de filmes no mundo, ganhando até dos Estados Unidos. As características desse cinema são várias, geralmente os filmes indianos incluem muitas cenas que mesclam música e dança, além de terem a duração entre duas ou três horas de relógio. Basicamente o cinema surgiu no país graças aos Irmãos Lumière, que foram os inventores da sétima arte. Eles apresentavam os seus respectivos filmes em hotéis das cidades, como foi o caso de um hotel em Bombaim.

Por ser um país, onde se fala vários tipos de línguas, existem os principais grupos lingüísticos que estão relacionados com a produção cinematográfica. São eles: híndi, tamil, telegu, bengali, marathi, kannada e malayam. O cinema bengali dentre todos é o mais prestigiado entre os júris dos grandes prêmios nacionais, assim sem exceção ganhando todos os anos. O cinema híndi também chamado de bollywood, é considerado como o maior ramo cinematográfico da Índia. Bollywood por sua vez, é conhecido não só dentro do território indiano como fora também, por exemplo nos Estados Unidos.


Já a indústria de cinema marathi é considerada a mais velha do país, e teve os seus momentos de declínio nos anos 80 e 90, se recuperando mais tarde. Por outro lado, o cinema tamil ou Kollywood é a terceira indústria cinematográfica e tem os seus filmes conhecidos internacionalmente, como no Canadá e em alguns países europeus.
Nos últimos anos, a Índia sofreu grandes transformações com a globalização, com isso o seu cinema sentiu essas mudanças na sua essência. Uma grande influência sentida foi a invasão do cinema Americano, que chegou a exibir 80% de suas produções nas salas de cinema indianas. A indústria que mais sofreu essas transformações foi Bollywood, que chegou a incluir atores ocidentais em suas produções. Assim por muitas vezes, vários filmes indianos são apontados como cópias de filmes de Hollywood.